Como o Psicólogo Ajuda na Depressão? Descubra Neste Artigo!

Como o Psicólogo Ajuda na Depressão – por: Reginah Araujo

Com toda certeza uma pessoa que sofre com o Transtorno Depressivo, enfrenta muitos preconceitos de familiares e amigos. Quem nunca ouviu o famoso ditado: “depressão é doença de rico”?

De fato, as pessoas acreditam que um sujeito desenvolve depressão porque não tem o que fazer, não ocupa a cabeça, não quer fazer as coisas, é preguiçoso entre outras barbaridades.

O resultado deste preconceito da sociedade sobre a pessoa depressiva é a retração, a vergonha de reconhecer o transtorno e buscar ajuda profissional.

Assim, devido ao medo do julgamento vai levando a vida e fingindo que está tudo bem, e a depressão, assim como qualquer outra doença, vai ganhando novos Status.

De uma depressão leve, que é o momento mais fácil para tratá-la, passa para moderada e por último avança para o nível mais grave.

Talvez por isso, a taxa de AutoExtermínio esteja alcançando números alarmantes.

Então, da mesma forma que tratamos uma doença física com seriedade, devemos tratar o Transtorno Depressivo.

Assim como a doença física  traz sintomas danosos ao corpo, a doença mental traz sintomas danosos à mente, que reflete no corpo.

Embora a pessoa tenha todas as condições físicas em perfeito estado, ela simplesmente não têm ânimo, energia, entusiasmo, motivação, perspectiva, esperança e sentido na vida para executar suas atividades corriqueiras como as outras pessoas.

Tudo isso é resultado de um desequilíbrio químico do cérebro, já é comprovado cientificamente que o cérebro de um depressivo e de uma pessoa sem o transtorno funciona de maneira diferente.

Por isso o acompanhamento com um psicólogo é fundamental!

Estes profissionais são licenciados e altamente treinados, para ajudar pacientes a se recuperarem da depressão. Mas a maneira como o psicólogo ajuda na depressão dependerá de cada paciente.

Quando devo buscar ajuda de um psicólogo?

Procurar um psicólogo

Certamente todo mundo enfrenta algum momento de tristeza, desânimo, desmotivação, confusão entre outros estados negativos.

Mas quando falamos do Transtorno Depressivo, estes estados não  são momentâneos, resultado de alguma experiência frustrante.

O depressivo normalmente, vive estes estados constantemente, não é um momento ou outro, é comum o Transtorno Depressivo fazer as pessoas sentir-se ou ter:

  • Tristeza por um longo período de tempo
  • Vazias, como se tivesse um buraco no peito
  • Desesperadas
  • Desamparadas
  • Culpadas constantemente
  • Inúteis
  • Desequilibradas
  • Falta de concentração
  • Fadiga
  • Cansaço extremo e constante
  • Mudanças no sono, dormir de mais ou dormir menos
  • Afastamento do convívio social
  • Pensamentos de morte ou suicídio

Então se você ou alguém próximo apresentar três ou mais desses ou outros estados mentais negativos, por mais de duas semanas é hora de buscar ajuda profissional.

Quanto antes buscar por um psicólogo, mais fácil será o tratamento. Lembre-se, a depressão pode avançar para novos estágios tornando o tratamento mais difícil e demorado.

Embora existam muitas abordagens de tratamento, a maneira mais comum sobre como o psicólogo ajuda na depressão é através da psicoterapia.

Como psicólogo ajuda na depressão?

como psicólogo ajuda na depressão

A princípio a psicoterapia é o nome do tratamento para recuperação da depressão e de outros males mentais.

A abordagem aplicada na psicoterapia é a Terapia Cognitivo Comportamental (TCC)!

O TCC é uma abordagem considerada diretiva, isto é, voltada para um conjunto de ações designadas pelo psicólogo que devem ser seguidas pelo paciente.

Esta abordagem é considerada breve e focada no problema atual do paciente. Ou seja, esta abordagem busca resultados para a necessidade do paciente no momento atual, em um tempo curto de tratamento.

Portanto, a maneira como o psicólogo ajuda na depressão é por meio da abordagem TCC, um método que leva em conta que nós temos pensamentos automáticos.

Pensamentos este que construímos ao longo da nossa vivência no mundo e que refletem diretamente na maneira como lidamos com os acontecimentos, sem passar por uma análise interna.

Assim, através do processo terapêutico, o psicólogo irá ajudar o paciente a diferenciar cada um destes pensamentos automáticos, para entendê-los com maior clareza, dando autonomia ao paciente para mudá-los se necessário.

Conclusão

Em suma, a Terapia Cognitivo Comportamental, nos mostra que o que nos afeta emocionalmente não são os acontecimentos, mas sim a maneira como os interpretamos e lidamos com eles.

Com ajuda do psicólogo no tratamento do Transtorno Depressivo, será muito fácil entender o que desencadeou o transtorno e o que fazer para agir de modo a superar esta doença.

Por fim, faço um apelo, se você está enfrentando esta doença não tenha medo, vergonha ou culpa, você não pediu e não queria estar passando por isso!

Então erga a cabeça, e busque ajuda profissional, você ainda pode ter um vida cheia de satisfação, alegria e esperança só depende de você.

Você faz suas escolhas e suas escolhas fazem você

Willian Shakespeare

E aí, curtiu este conteúdo? Se sim, ajude nosso projeto Quem Pode Salvar Meu Filho (QPSMF) a cumprir o seu propósito. Nossa missão é salvar vidas.

Faça uma doação, ou torne-se um voluntário, precisamos de você.

Juntos somos Fortes!

MEU FILHO AGORA É SEU FILHO, SEU FILHO AGORA É MEU FILHO, NOSSO FILHO AGORA É DO MUNDO!

Referências

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.