IMPRENSA

Projeto Social Quem Pode Salvar Meu Filho? (QPSMF)

Prevenção ao Transtorno Depressivo (TD) e Alerta ao AutoExtermínio (AE)

Este projeto social foi criado baseado na história de uma mãe que por medo de perder o seu filho para o Transtorno Depressivo (TD) fez uma promessa e ela se cumpre através do projeto social “QUEM PODE SALVAR MEU FILHO?”(QPSMF).

É um projeto social criado para alertar familiares e amigos sobre o perigo de não saber lidar com a pessoa que está com TD, pois muitas histórias nos mostram que a depressão pode levar ao Autoextermínio (AE).

Muitas personalidades importantes e outras com grande sucesso na mídia, cometeram o autoextermínio vítimas do Transtorno Depressivo, como exemplo podemos citar o Chorão, Alberto Santos Dumont, Robbin Williams e Amy Winehouse.

Alguns cometeram o AE diretamente, como foi o caso do Alberto Santos Dumont e do Robbin Willians, onde o indivíduo planeja a própria morte.

Ainda outros cometem o Autoextermínio de forma indireta como foi o caso do Chorão e da Amy Winehouse, neste caso o AE não acontece num ato direto que põe fim a vida do sujeito, acontece em uma série de ações, comportamentos, vícios e etc. E nós sabemos que Amy morreu por intoxicação alcoólica e o Chorão por overdose de cocaína.

Certamente precisamos tirar a venda dos nossos olhos e ver que a depressão é um transtorno sutil e “silencioso” que altera aos poucos o comportamento da pessoa, levando-a a desenvolver comportamentos, pensamentos, emoções e sentimentos destrutivos. Nosso Projeto QPSMF é um grito da consciência, e nosso intuito é salvar vidas!

O projeto QUEM PODE SALVAR MEU FILHO? (QPSMF) foi idealizado por Reginah Araújo que há dois anos se deparou com o pior momento da sua vida. Foi quando ela enfrentou o desespero de internar o próprio filho em uma clínica por quase 30 dias devido ao TD.

Assim, lá, nas reuniões de ajuda aos familiares ela descobriu muitas histórias impactantes. Crianças de 11 anos internadas com seus familiares por depressão profunda, jovens de 15 anos que tentaram o Autoextermínio mais de 5 vezes.

Também haviam médicos, enfermeiras, donas de casa e empresários internados dezenas de vezes, sem muita esperança de cura, entre dezenas de outras histórias.

Sem dúvida ela passou por muita tristeza e teve grandes aprendizados. Nesta clínica ela descobriu o medo e a incerteza, compreendeu que não tinha controle sobre absolutamente nada!

Desse modo adoeceu junto com o filho e estando completamente sozinha e se vendo sem saída fez uma promessa: “se eu conseguir salvar meu filho irei salvar os filhos de outras mães também”.

Mesmo sem informações e ferramentas que a pudessem ajudar naquele momento, conseguiu tirar seu filho da clínica.

E hoje a promessa para salvar o filho de outras famílias está em andamento.

Meu filho agora é seu filho.

Seu filho agora é meu filho.

Nosso filho agora é filho do Mundo.

O projeto foi lançado no dia 11 de janeiro de 2021 em uma live de entrevistas com a mãe Reginah Araújo

Entrevista de lançamento do projeto: https://www.youtube.com/watch?v=GC0xuH2kaOw

O projeto foi lançado em blog, instagram, facebook, youtube, whatszap, Linkedin

lINKS PARA ACESSAR ENDEREÇOS- https://clubedenegociosbrasil.com.br/quempodesalvarmeufilho

Um projeto social de combate ao AE AutoExtermínio e ajuda ao TD Transtorno Depressivo

Hoje no brasil 11 milhões de pessoas que sofrem de Transtorno Depressivo, como resultado, a cada 40 segundos morre uma pessoa vítima de autoextermínio, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A taxa global de Autoextermínio padronizada por idade foi de 10,5 por cada 100 mil pessoas. Portanto 79% dos AEs no mundo ocorreram em países de baixa e média renda, os países de alta renda apresentaram a maior taxa – 11,5 por cada 100.000. Quase três vezes mais homens morrem por Autoextermínio que mulheres em países de alta renda, em contraste com os países de baixa renda, onde a taxa é mais igual.

Além disso o Autoextermínio foi a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, estando atrás apenas dos acidentes de trânsito. Entre adolescentes de 15 a 19 anos, o suicídio foi a segunda principal causa de morte entre meninas (após condições maternas) e a terceira principal causa de morte entre meninos (após acidentes de trânsito e violência interpessoal).

E os métodos mais comuns de AE são enforcamento, envenenamento por pesticidas, armas de fogo, corte no pulso e automedicação.

Como os dados mostram o AE é uma realidade e não deve de jeito nenhum ser ignorada, devemos unir forças para dar mais apoio, direcionamento, acolhimento e mudar essa realidade.

Nosso projeto QUEM PODE SALVAR MEU FILHO? pode ser um divisor de águas na vida das pessoas que enfrentam o TD.

Reginah Araujo

Rua Abílio Moreira de Miranda 228

Macaé RJ

CEP 27915250

Email: reginahmaster@gmail.com

Telefones: 21 995955908 – 22 997505908

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.